ecido-para-carros-tecido-automotivo-4

Em nossa vida moderna contamos com uma série de hábitos e produtos que contribuem para que tenhamos alcançado um grau de higienização como em nenhum outro período da nossa história. O que é por um lado positivo, por outro deixa-nos cada vez menos imunes às ameaças que possam existir no ambiente.

Como resultado nas últimas décadas tem havido um crescimento agressivo do número de pessoas alérgicas, dos mais variados tipos, sendo que no Brasil da década de 1980 a 2010 estimasse que o número de alérgicos tenha aumentado em 50%.

E mais, se hoje no mundo 1 a cada 3 pessoas sofrem com algum tipo de alergia, especialistas estimam que em breve esse número pode alcançar metade da população mundial. Se você está se perguntando o que isso tem a ver com tecidos automotivos, vamos descobrir.

Tecido antialérgico para carros

Quem já sofreu uma reação alérgica sabe o quanto ela pode incomodar e prejudicar na realização de tarefas, seja no caso de espirros e corizas quando respiratórias, ou por coceiras intermináveis quando o problema está relacionado a pele.

Dessa forma é importante procurar adotar soluções que sejam antialérgicas inclusive no acabamento de veículos, conhecendo e escolhendo o tecido ideal para o carro que contenha essa propriedade.

No caso dos bancos de automóveis existem dois fatores que podem influenciar no surgimento de alergias: o primeiro é a mistura suor, tecido, atrito, que pode fazer surgir, por exemplo, dermatite atópica; o segundo é o depósito de poeira e ácaros, grandes responsáveis por alergias respiratórias.

Para escapar desse problema a melhor solução disponível no mercado de tecido para carros, são os revestimentos em couro, que conseguem solucionar os dois problemas de uma vez só, deixando assim o veículo praticamente antialérgico.

Para quem possui crianças pequenas, que geralmente acabam sofrendo mais com alergias, essa é uma solução ideal, pois além de propiciar um ambiente interno mais saudável, irá deixar seu revestimento mais resistente e impermeável.

Embora a necessidade de investimento para o uso do couro automotivo como revestimento possa ser um pouco mais elevado quando comparado a outros tipos de tecidos, inegavelmente a relação custo-benefício é compensatória, sendo que o material possui pouquíssimos pontos fracos e muitos pontos fortes.

Para compensar esse desiquilíbrio, sobra então o courvin, que é o couro sintético. Esse contem todos os benefícios de resistência e estética, porém com o custo bem inferior. Por este motivo hoje é o material mais procurado do mercado entre os dois.

Não a toa que o uso do couro em revestimentos automotivos vem crescendo nos últimos anos e alcançando inclusive modelos de automóveis populares, sendo fundamental sempre contar com o material para atender um nicho de mercado amplo e crescente.

Ficou com dúvidas ou possui sugestões? Deixe um comentário!

Até a próxima!

Postado por: JB Revestimentos | www.jbrevestimentos.com.br

One thought on “O tecido automotivo ideal para quem sofre de alergias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.