tear-automotivo-2

Dentre os tecidos utilizados em revestimento de veículos o tear automotivo é um dos mais populares, sendo amplamente utilizado tanto como componente original por parte das montadoras como por aqueles que buscam por reformar o interior.

Apresentando um excelente custo benefício, consegue conferir um bom aspecto estético, aliado a resistência e conforto, aliados a uma boa porosidade permitindo uma boa troca de temperatura com o ambiente.

Como é produzido o ter automotivo?

Como o próprio nome já diz, esse tipo de revestimento é produzido através de teares automatizados, um das técnicas mais tradicionais no ramo de confecção e que colaborou para a produção em massa de diferentes tipos de tecido.

Na máquina, os fios escolhidos são mantidos em posição vertical sob tensão, enquanto é realizado o cruzamento com os fios que estão na posição horizontal, entrelaçando-os e então dando forma ao tecido.

Os fios podem ser de materiais variados, no entanto no caso do tear automotivo geralmente são utilizados aqueles de origem sintética, que além de apresentarem um menor custo também ganham no fator resistência e durabilidade.

Sua principal utilização nos veículos está no revestimento dos bancos, que sofrem um alto grau de estresse mecânico devido ao atrito provocado pelo movimento do corpo dos motoristas e passageiros junto aos mesmos.

Além disso, é possível encontrar o material em sua versão dublada, acoplada a espumas que tem como objetivo fornecer mais conforto, especialmente nas regiões dos encostos dos bancos, tanto das costas como da cabeça.

Por sua porosidade, pode vir a acumular sujeira como resíduos de poeiras, necessitando de uma higienização cuidadosa, de preferencia a seco, para evitar que produtos de limpeza venham a causar manchas ou até mesmo alterar sua composição, ocasionando o desgaste do tecido.

Situações ideias para o uso do tecido

Por suportar as mais diferentes cores e estampas o tecido acaba sendo ideal para aqueles que buscam reformar o interior dos veículos sem alterar as características de fábrica, tão valorizadas no momento da revenda.

Esse fator é uma dos que mais pesa no momento da escolha do tipo de tecido que será utilizado na reforma do revestimento, sendo comum observar que mesmo havendo disponíveis materiais mais nobres, como o couro, o tear acaba ganhando a preferencia de consumidores de todo o país.

Hoje quando pensamos em revestimentos automotivos temos uma grande variedade de opções no mercado que possuem características distintas, para os tapeceiros e outros que trabalham nesse segmento, é fundamental conhecer mais sobre elas visando apresentar à solução correta as necessidades de cada cliente.

Continue nos acompanhando para saber mais sobre os tecidos para revestimento automotivos!

Dúvidas ou sugestões? Deixe um comentário!

Até a próxima!

Postado por: JB Revestimentos | www.jbrevestimentos.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.