Os cuidados com nosso carro devem ser constantes para não darmos espaço aos causadores de danos aos quais os veículos estão expostos.

Quanto antes solucionarmos um problema, menores são as chances de que eles se agravem.

E você sabia que é possível reparar riscos no vidro de seu carro em casa de forma fácil e prática?

Confira abaixo!

Cuidados com o carro: reparando riscos no vidro 

Pequenos riscos e arranhões nos vidros dos automóveis podem surgir pelos mais variados motivos.

A boa notícia é que nesses casos é possível realizar o reparo em casa utilizando os materiais e práticas corretas.

Para isso você irá precisar dos seguintes materiais:

  1. Kit de reparação de vidros;
  2. Compostos de fricção com óxido de cério;
  3. Limpador de vidro;
  4. Pano macio.

Passo a passo 

  • Passo 1 

Comece com a limpeza do vidro danificado de forma a retirar toda e qualquer sujeira ou resíduo existente na superfície.

Caso utilize uma mangueira no processo, tome cuidado para que a pressão da água não aumente o problema.

Feita a limpeza, garanta que o vidro seque totalmente antes de prosseguir.

  • Passo 2 

Como dissemos acima o reparo funciona para pequenos riscos e arranhões, mas, a depender da gravidade do problema, um profissional especializado será necessário.

Por isso, após a limpeza, você deve avaliar o dano verificando as possibilidades de conserto.

Uma dica é passar a unha na superfície danificada por várias vezes.

Caso ela não fique “presa” na ranhura, boa notícia!

  • Passo 3

O kit de reparo de vidro automotivo pode ser encontrado em lojas especializadas e deve conter o composto químico de fricção, o óxido de cério, uma substância selante.

Esfregue o conteúdo sem fazer pressão na área danificada de forma a cobri-la completamente.

Após, remova o excesso do produto com um pano macio.

  • Passo 4 

Enxague a janela com água e utilize o limpador de vidro em toda a superfície, inclusive a danificada.

Limpe a janela e depois enxague novamente para retirar o produto.

Pronto! Seu vidro não estará mais com nenhuma marca de arranhão ou risco!

Mas atenção: é recomendado que esse procedimento seja realizado a cada seis meses para manter o efeito.

Vale lembrar que existem outras soluções, como a utilização de polidor de metais e até mesmo esmaltes transparentes.

Embora seja possível alcançar o resultado desejado, essas práticas perdem em eficiência em comparação à utilização do kit.

Quer saber mais sobre outros cuidados com o carro? Continue acompanhando nosso blog!

Ficou com alguma dúvida ou possui sugestões? Deixe um comentário!

Até a próxima!

Postado por: Loja JB | www.lojajbtecidos.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.