carpetes-automotivos-2

Os carpetes automotivos são acessórios fundamentais para os padrões estéticos e de conforto do interior de veículos, recobrindo a estrutura do mesmo, protegendo os volumes transportados no porta-malas e impactando até na segurança ao dirigir.

Geralmente produzidos com uma base de feltro, encontramos no mercado o material fabricado nos modelos moldado, sem resina e com resina. Cada um deles com características próprias que os tornam ideais para solucionar as diversas necessidades existentes entre os consumidores.

Tipos de carpetes automotivos

Embora seja um item de alta durabilidade, o uso cotidiano pode trazer sérios desgastes ao carpete automotivo, alterando não apenas a sua performance, mas também o seu padrão estético, podendo aparecer furos, rasgos e manchas.

No momento da revenda dos automóveis o mau estado de conservação desse item pode vira afetar o seu valor final, por isso vale conhecer os tipos de carpete disponíveis para quando necessário realizar a reforma ou troca do mesmo, realizando uma escolha assertiva e que não altere as suas características originais.

Carpetes Moldados

Como o próprio nome já informa, trata-se de modelos produzidos com alta qualidade que já vem pré-moldado de acordo com o formato do veículo, facilitando assim a sua instalação e adaptação.

Disponível na versão inteiriço ou recortado. Possui como um dos seus destaques o fácil encaixe e ampla gama de opções que permitem atender modelos de diferentes segmentos e montadoras, havendo inclusive a possibilidade de reproduzir moldes para veículos que já foram sucesso de público e hoje são considerados clássicos.

No momento da aquisição, além de verificar qualidade do material utilizado na superfície é importante se atentar ao verso, que deve admitir sem maiores problemas o uso de cola acrílica na sua instalação evitando assim que haja o descolamento da peça.

Carpetes Sem Resina

Comercializado em rolos ou pedaços, possuí um público razoável que busca aliar a qualidade do produto com as possibilidades de moldagem na forma que preferir ou precisar.

O uso do carpete sem resina é ideal para quando ele for usado para montar um material “irregular”, ou seja, exige que o material faça diversas “curvas” durante a montagem do produto. Somente um material maleável permitiria realizar essas “curvas” na hora da modelagem.

Ainda pode ser encontrado em diversas cores e até mesmo em versões mais felpudas que podem vir a fornecer maior conforto e sensação de aconchego.

Carpetes resinados

Diferenciando-se da versão apresentada acima por conter uma camada de resina em sua produção, também permite ao usuário realizar a moldagem de acordo com as suas necessidades.

Vale lembrar, contudo, que a resina torna esse tipo de carpete mais duro, afetando com isso sua maleabilidade, porém não a maciez, ao mesmo tempo em que trás ganhos significativos com relação à resistência ao atrito e afetando, conseqüentemente a durabilidade do produto.

Seu uso também é recomendado especialmente para o revestimento de porta-malas e tampões automotivos.

Manter o automóvel em bom estado de conservação é um desejo e necessidade de milhares de proprietários de veículos, sendo que o carpete automotivo é um componente importante nesse processo, influindo significativamente no aspecto estético do interior de veículos.

Ficou com dúvidas ou tem alguma sugestão? Deixe um comentário!

Até a próxima!

Postado por: JB Revestimentos | www.jbrevestimentos.com.br

One thought on “Tipos de carpetes automotivos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.